quinta-feira, 28 de novembro de 2019

 Coreia do Sul ainda luta contra a peste suína

A Coreia do Sul conseguiu conter a disseminação da peste suína africana (ASF), mas ainda precisa permanecer vigilante sobre a disseminação do vírus através de javalis, disse o ministro da Agricultura,  Kim Hyeon-soo, hoje (28).

Desde o primeiro surto de doença animal no país em 17 de setembro, a doença animal mortal tem assombrado fazendas de suínos em todo o país, pois atualmente não existem vacinas nem curas para a doença altamente infecciosa.

A doença atingiu rapidamente as áreas do norte do país, infectando fazendas em quatro cidades na fronteira com a Coreia do Norte: Paju, Yeoncheon, Gimpo e Gangwha.

Até agora, o país confirmou 14 casos de ASF em fazendas locais de suínos no total, embora o último caso tenha sido relatado no início de outubro. O período de incubação é de cerca de três semanas.

"Estamos fazendo esforços para impedir que a doença afete partes do sul do país", disse o ministro da Agricultura, Kim Hyeon-soo. "Ainda estamos em uma situação grave, pois ainda há vírus entre os javalis".

.



Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna Veniam, quis nostrud exerci tation ullamcorper suscipit lobortis nisl ut aliquip ex ea commodo consequat.

0 comentários:

Postar um comentário

Start Work With Me

Contate-nos
JOHN DOE
+123-456-789
Brasil, Bolívia, Argentina, Colômbia, Peru

Arquivo de Notícias

Periódico

Restey News - World

Recent Posts

Business

Pages

Pinterest

Featured