quinta-feira, 22 de março de 2018

Migração venezuelana preocupa Ministério do Trabalho, OEA intervém
Imagem: Albino Oliveira
Entidade manifestou preocupação com inserção de imigrantes no mercado de trabalho

O ministro do Trabalho interino, Helton Yomura, recebeu ontem, quarta-feira (21), o secretário de Acesso a Direitos e Equidade da Organização dos Estados Americanos (OEA), Maurício Hands, para tratar da migração dos venezuelanos que cruzam a fronteira do Brasil para fugir das crises política e econômica do país vizinho.

Na reunião, o secretário da OEA solicitou a Yomura que o ministério possibilite a inclusão dos venezuelanos em programas de qualificação e inserção executados pelo órgão. "Estamos com equipes dos setores de Inspeção, Emprego e Imigração do ministério acompanhando a situação local e temos buscado soluções possíveis", disse o ministro.

De acordo com Yomura, o governo brasileiro tem a intenção de interiorizar os venezuelanos em outros estados, dando a eles condições de sobrevivência e qualificação, citando como exemplo os programas de inserção como o Sine Fácil, a Escola do Trabalhador e o Qualifica Brasil. O objetivo é que o Brasil possa ser visto como uma referência nessa política de acolhimento.

O secretário da OEA elogiou as iniciativas brasileiras no acolhimento dos venezuelanos e disse que levaria ao conhecimento de representantes do Conselho da Organização Internacional as políticas em discussão no Brasil, ressaltando que vai sugerir às empresas multinacionais que atuam no país a abertura de vagas de trabalho destinadas aos imigrantes venezuelanos.

Com a crise na Venezuela, cerca de 50 mil venezuelanos chegaram ao Brasil pela fronteira com o estado de Roraima para morar e trabalhar no país. Desde então, o governo brasileiro tem buscado alternativas para o acolhimento dessas pessoas.



Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna Veniam, quis nostrud exerci tation ullamcorper suscipit lobortis nisl ut aliquip ex ea commodo consequat.

0 comentários:

Postar um comentário

Start Work With Me

Contate-nos
JOHN DOE
+123-456-789
Brasil, Bolívia, Argentina, Colômbia, Peru

Arquivo de Notícias

Periódico

Restey News - World

Recent Posts

Business

Pages

Pinterest

Featured